Breaking

Pequena reflexão Marcos 8,34.

Jesus está diante de Seus apóstolos com uma pergunta fundamental que precisa ser feita, a cada dia, para nós:Quem dizem os homens que eu sou?”(Marcos 8, 24). Podem vir muitas respostas a respeito de Jesus: ‘Ele é o profeta! É um enviado! Ele é um rabi, um mestre! É João Batista que voltou! É o Espírito de João Batista em Jesus!’.
No entanto, a resposta essencial que Pedro dá é: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo(Marcos 8, 29). A resposta de Pedro precisa vir acompanhada do verdadeiro sentido do ‘messianismo’, do Messias que é Jesus.
Porque, a verdade é uma só, os judeus tinham apenas uma compreensão do Messias, olhavam para ele [o Messias] apenas como o ungido, cheio de glória, de esplendor; como aquele que vem e reina sobre todos. Mas, o reinado de Cristo começa nos corações, começa no meio de nós!
O reinado de Cristo não começa de cima; começa de baixo, quando Deus vem e assume ser o que somos, assume nossa natureza humana com suas fragilidades, com seus fracassos, com suas enfermidades.
O Messias é o servo sofredor e, por isso, Jesus começa a falar de si mesmo, não dando destaque à glória. Ele não nega que é verdade, que é Senhor da glória, mas não há messianismo que não passe, primeiro, pela cruz, pela paixão redentora.
Muitos discípulos de Cristo querem negar a cruz do Senhor, querem viver a religião da prosperidade, da bonança, querem viver a religião da exaltação do sucesso e do êxito.
Seguir Jesus é sinônimo de, a cada a dia, ser capaz de renunciar a si mesmo. Muitas vezes, ser discípulo de Jesus significa não ter bom nome, não ter boa aceitação, não ser bem reconhecido. O discípulo de Jesus não é sempre sinônimo de aplausos, de reconhecimentos humanos, mas de renunciar a si mesmo e abraçar a cruz de Cristo.
A mística da renúncia está presente em cada etapa da espiritualidade humana.Não existe casamento, não existe vida familiar se não houver renúncias! O homem precisa renunciar à sua condição de solteiro, de gostos próprios, de vontades próprias para viver a dimensão e as exigências próprias do matrimônio; a criação que exige os filhos, a necessidade de ouvir aquilo que é próprio do seu cônjuge e, assim por diante.
Tudo na vida só se edifica se há capacidade de renúncia, de renunciar à própria vontade depois de abraçar a cruz que está aí para nos salvar e nos santificar.
A vida por si mesma com suas pelejas, com suas durezas, com suas dificuldades, com seus entraves é para nós um chamado a entendermos que cruz não é peso, não é castigo. É bênção, é sinal de que estamos no caminho de Cristo Jesus!


Seguidores do Google

Busque por Tag

# #1pedro. #2015 #Amor #Ap #Apocalipse #at 11 #Avivamento #Batalha #Benção #Biblia #Chamas #Colheita #Coluna #Conveniência #Cristã #culto #Deus #dezembro #doação #Dor #E-book #ebook #Espírito #evangelho #Evangélica #evento #Experiência #Família #Fé. #Gospel #hemorio #joão 12 #l #Lançamento #literatura #literatura. #Livro #louvor #lucas 10 #Lucas 12 #Lucas 13 #Lucas 14 #Lucas 15 #Lucas 2 #lucas 7 #lucas 9 #Lucas. #lucas14 #Lutas #Maldição #Marcos 12 #Mat 7:17 #mateus 13 #Mateus 14 #Mateus 17 #Mateus 25 #Mateus 5 #Mateus 6 #Mateus 7 #Mateus13 #Mateus22 #mateus4.1 #Mateus8 #Mensagem #Moda #Novidades #oração #Orações #Pedidos #Perseverança #Planos #Preço #Princípios #Reavivamento #reflexão #reflexão. #Renascer #Renascimento #Renúncia #riodejaneiro #Santificação #Sofrimento #Temor #Tempos #tentação #Tony Casanova #Tribulações #Vitória #vontade 1.#l 12 13 14. 15 16 17.#l 18. 19. 2 22 24 24. 25 25.#l 26 27 28b. 29 3 30 39 4. 42 44. 45 49. 5 51. 6 6. 7 7. 8. 80 A verdadeira conduta Cristã Agenda Gospel amor arte como tornar-se um vaso de benção Consagrai vossas vidas... cultura Divulgação de eventos cristãos Evangélicos Evento Setembro 2014 eventos familia gospel Jeová Jiré leirura evangélica lenna sarai Lucas 1 Mateus 13 mesa farta nem tudo é o que parece ser O Amor e Deus O amor segundo a Bíblia O mestre dos Mestres O que é o Pecado O tamanho do teu Deus Oração Poder Projeto Mochilão Belém do Pará religião Summeren Oliveira vigília