Pular para o conteúdo principal

O tamanho de nossa fé

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam” (Salmos 23,4).
Nós cremos de verdade neste Deus que nos livra de todo mal? Quando dizemos cremos, estamos afirmando que cremos em Deus com toda nossa fé, mas quando os problemas chegam, bate o desespero, a aflição e ai questionamos ao Senhor. Sabem porque? Mentimos ao afirmar que cremos, porque se créssemos realmente Nele não desesperaríamos, saberíamos que Ele tudo fará por nós, seus filhos prediletos.
Dizemos: “Ainda que andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum”, mas basta um obstáculo por menor que seja em nosso caminho, e pronto: Pensamos; Onde está o senhor agora porque não me tira deste sufoco? Nós precisamos ter mais fé, ter confiança no Senhor que fez o céu a terra e nos criou a sua imagem e semelhança. Precisamos saber aceitar o que o Senhor nos coloca a prova e se tivermos fé, Ele vai nos sustentar em qualquer situação.
Se ele disse: “Estarei contigo até os fins dos tempos”, porque duvidar? Ele está conosco sempre e nos momentos mais difícíeis se faz presente na pessoa de um irmão que nos acolhe, nos dá a mão, nos levanta e diz: “Meu irmão eu estou aqui, conte comigo. Você por acaso tem dúvidas de que é o Senhor presente neste momento e que usa seu irmão?
Basta crermos que no que disse o Senhor nosso Deus: “ Onde estiveres, ali estarei eu”. Jamais duvide do que Ele prometeu e lembrem-se sempre de que quando perdemos a fé , de certa forma nossa alma morre. É na fé que encontramos forças para seguir em frente, mesmo em meio a muitos obstáculos, mesmo que a morte nos assombre, não devemos temer, apenas confiar no Senhor, pois Ele disse: “Se tiverdes a fé do tamanho de um grão de mostarda, manda este monte transpor daqui para lá e ele te obedecerá”. Vamos manter nossa fé sabendo que não podemos perdê-la porque sem ela seremos como pó da estrada.


Texto escrito por Luzia Couto. Direitos Autorais Reservados a autora. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer natureza ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte desta obra, sem autorização expressa da autora sob pena de violação das Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual.



Mais Lidas do Mês

O amor segundo a Bíblia.

"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (I Corintios 13: 4-7). Graça e paz do Senhor aos amados irmãos em Cristo em todas as igrejas do mundo que se anunciam pelo seu nome. Amados, um assunto vem me inquietando a muito tempo. O Amor. Porque as pessoas reclamam tanto que não são amadas? Porque tantas pessoas confessam não acreditarem no amor e dizem que ele não existe? Mas afinal, existe ou não amor? Vamos por parte queridos. O amor existe sim, existe e é verdadeiro. O que muitas vezes deixa de existir é a coragem para renunciar a si e amar o outro. Ora meus queridos, a Bíblia diz que o amor não é invejoso, portanto anulamos aquele sentimento que nos leva a desejar um amor exclusivo e possessivo. Percebam …

Gospel | Pequena Reflexão | Lucas 10,23.

Precisamos deixar que Deus ilumine nosso olhar, para contemplarmos o Seu Reino presente no meio de nós .
“Felizes os olhos que veem o que vós vedes!” (Lucas 10, 23).Jesus está exultando de alegria pelo Pai, louvando e bendizendo, porque não foi aos sábios, aos grandes, poderosos e entendidos que o Pai revelou os segredos do Reino, mas aos humildes de coração, àqueles que dispõe do seu coração qualquer soberba e orgulho, e o abrem para contemplar as manifestações de Deus no meio de nós. Deixe-me dizer ao seu coração: onde está a mão de Deus, que não a vejo? Onde está a graça de Deus quando me toca? Onde estão os prodígios de Deus que as pessoas exultam e eu não consigo ver? Felizes os humildes, os bem-aventurados, aqueles que estão na humildade de coração, porque são esses que contemplam a glória, a ação, a graça de Deus agindo no meio de nós! O problema não é a mão de Deus, que não está agindo, o problema é o nosso coração que não se despiu, não se revestiu de graça e humildade. Se nã…

Literatura | Gospel | Pequena Reflexão | Lucas 11,130.| Luzia Couto.

“Ora, se vós que sois maus, sabeis dar coisas boas aos vossos filhos, quanto mais o Pai do céu dará o Espírito Santo aos que o pedirem!” (Lucas 11, 130)Jesus, hoje, continua nos ensinando elementos essenciais que não podem faltar em nossa oração. A nossa oração tem de ser a oração de confiança, para dizermos: “Eu sei o que Jesus pode fazer por mim e eu confio n’Ele!”.Quem confia, não desconfia. Quem confia, sabe esperar. Quem confia, sabe que Deus jamais nos abandonará! Mas, pode ser que no fruto da nossa oração não tenhamos conseguido de Deus aquilo que queríamos. Deus é tão bom e tão Pai, que não dá aquilo que queremos, mas o que precisamos! É preciso pedir, é preciso realmente bater à porta e não deixar nunca de fazer. Sabe meus irmãos, muitas vezes não crescemos nas virtudes, deixamos de aprender muitas coisas na vida porque não temos perseverança e insistência. Somos bons para começarmos muitas coisas, somos bons para fazermos muitos propósitos, mas à medida que aparecem dificuld…