Pular para o conteúdo principal

Literatura | Gospel | Pequena Reflexão Lucas 21:04.

Nós podemos ser mesquinhos ou generosos, isso vale para todas as situações da vida, não é somente no que diz respeito ao dinheiro, mas sim ao tempo, à intenção, ao cuidado com o outro, ao tempo que temos para Deus. É triste, mas muitas pessoas, por exemplo, não participam das coisas de Deus, porque não têm tempo. Elas dizem: “Eu gostaria muito, mas não tenho tempo!”. O que as pessoas estão dando para Deus? O que sobra. O que sobra do tempo e das finanças. O que está sobrando nós ofertamos a um pobre, a um doente ou para quem quer que seja. Quando fizermos aquela nossa avaliação de fim de ano, vamos dar aquela limpeza nas coisas, ver o que não presta, o que está estragado, o que não queremos mais. Geralmente é isso que damos aos outros.Desculpe-me, mas dar o que sobra é próprio das pessoas mesquinhas. Quem é generoso dá o que tem, dá do melhor de si, é capaz de tirar de si próprio para ofertar e dar ao outro. Se desejarmos que cresça em nosso coração a marca da generosidade, da virtude divina mais que necessária para que nossas relações sejam melhores, apliquemo-nos em viver a generosidade em todas as situações da vida.O que a viúva fez é o que acontece em tantas situações da vida. Olhe para o ofertório de uma Missa, às vezes, a pessoa abre a sua carteira e tira uma nota de cinco reais, por exemplo, mas procura uma notinha que esteja velha, que esteja estragada, que não tem importância, ou as moedinhas que sobraram.Aqui não vale a comparação da quantidade, porque o mais importante para Deus não é a quantidade do que se dá no templo, não é a quantidade que se dá para ajudar essa ou aquela instituição de caridade. O mais importante é a generosidade com que se faz qualquer coisa. Alguém lhe pede uma ajuda e você diz: ‘Vou ver se posso ajudá-lo!’. E realmente você procura e o que sobrou para doar.Todos nós passamos, muitas vezes, por situações apertadas, mas é bonito ver a generosidade dos mais pobres e simples, eles são os mais empenhados. Quando não podem ajudar financeiramente, ajudam de outra forma, seja trabalhando, colaborando, rezando e dizendo: “Eu estou presente e quero, de alguma forma, colaborar ou participar [com a Igreja]!”.Não seja mesquinho na vida, não seja aquele que dá só o resto, só o que sobra. Sejamos generosos como Deus é sempre generoso conosco.Vamos dar o melhor de nós. Assim, podemos ter a certeza de que a generosidade vai sempre fazer florir coisas belas em nossa vida!

We can be generous or stingy, it applies to all situations in life, not only with regard to money, but the time, the intention, care for each other, the time we have for God. Sadly, many people, for example, do not participate in the things of God, because they have no time. They say, "I like a lot, but do not have time." What people are giving to God? What is left. What is left of time and finances. What is left over we we offered a poor to a patient or for anyone. When we do that our year-end assessment, we will give that cleaning in things, see what does not pay, what is broken, we do not want more. Usually this is what we give outros.Desculpe me, but give what is left is itself of petty people. Who is generous give what you have, give the best of itself, it is able to take himself to offer and give to others. If we want to grow in our hearts the mark of generosity, the divine power more than necessary so that our relations are better, let us apply ourselves to live generosity in all situations of life.The that the widow did is what happens in many life situations. Look at the offertory of the Mass, sometimes the person opens his wallet and pulls out a five reais note, for example, but looking for a note that is old, it is damaged, it does not matter, or coins left over .Here is worth comparing the amount, because the most important to God is not the amount of what happens in the temple, is not the amount that is given to help this or that charity. The most important is the generosity with which to do anything. Someone asks you for help and you say, 'I'll see if I can help it!'. And really you're looking for and what is left to doar.Todos we passed often by tight situations, but it is nice to see the generosity of the poor and simple, they are more committed. When they can not help financially, help otherwise be working, working, praying and saying. "! I am here and I want to somehow collaborate or participate [in the Church]" Do not be stingy in life, is not one that just gives the rest, only what is left over. Let us be generous as God is always generous conosco.Vamos give the best of us. So we can be sure that generosity will always make bloom beautiful things in our life!

Podemos ser generosos o tacaños, se aplica a todas las situaciones de la vida, no sólo en relación con el dinero, pero el tiempo, la intención, la atención de uno por el otro, el tiempo que tenemos para Dios. Lamentablemente, muchas personas, por ejemplo, no participar en las cosas de Dios, porque no tienen tiempo. Dicen, "me gusta mucho, pero no tienen tiempo." Lo que dona a Dios? ¿Qué es la izquierda. ¿Qué queda de tiempo y las finanzas. Lo que queda nos hemos ofrecido un pobre a un paciente o para cualquier persona. Cuando hacemos que nuestra evaluación de fin de año, vamos a dar el servicio de limpieza en las cosas, ver lo que no paga, lo que está roto, no queremos más. Por lo general, esto es lo que me da outros.Desculpe, sino dar lo que queda es propio de las personas insignificantes. Que es generoso dar lo que tienes, da lo mejor de sí mismo, es capaz de tomar a sí mismo para ofrecer y dar a los demás. Si queremos crecer en nuestros corazones la marca de la generosidad, la potencia divina más de lo necesario para que nuestras relaciones son mejores, apliquemos a nosotros mismos para vivir la generosidad en todas las situaciones de vida.El que la viuda hizo es lo que sucede en muchos situaciones de la vida. Mira el ofertorio de la misa, a veces la persona abre su cartera y saca una nota de cinco reales, por ejemplo, pero en busca de una nota que es antiguo, está dañado, no importa, o monedas de sobra .Aquí la pena comparar la cantidad, porque lo más importante para Dios no es la cantidad de lo que ocurre en el templo, no es la cantidad que se da para ayudar a esta o aquella caridad. El más importante es la generosidad con la que hacer nada. Alguien le pide ayuda y le dicen: "Voy a ver si puedo evitarlo! '. Y de verdad que estás buscando y lo que queda por doar.Todos que pasamos a menudo por situaciones difíciles, pero es agradable ver la generosidad de los pobres y sencillos, están más comprometidos. Cuando no pueden ayudar económicamente, ayudar de otra manera trabajando, trabajando, orando y diciendo. "! Estoy aquí y quiero colaborar de alguna manera o participar [en la Iglesia]" No sea tacaño en la vida, no es uno que simplemente da el resto, solamente lo que sobra. Seamos generosos como Dios es siempre conosco.Vamos generosas dar lo mejor de nosotros. Así que podemos estar seguros de que la generosidad siempre hará las cosas floración hermoso de nuestra vida!











Mais Lidas do Mês

O amor segundo a Bíblia.

"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (I Corintios 13: 4-7). Graça e paz do Senhor aos amados irmãos em Cristo em todas as igrejas do mundo que se anunciam pelo seu nome. Amados, um assunto vem me inquietando a muito tempo. O Amor. Porque as pessoas reclamam tanto que não são amadas? Porque tantas pessoas confessam não acreditarem no amor e dizem que ele não existe? Mas afinal, existe ou não amor? Vamos por parte queridos. O amor existe sim, existe e é verdadeiro. O que muitas vezes deixa de existir é a coragem para renunciar a si e amar o outro. Ora meus queridos, a Bíblia diz que o amor não é invejoso, portanto anulamos aquele sentimento que nos leva a desejar um amor exclusivo e possessivo. Percebam …

Gospel | Pequena Reflexão | Lucas 10,23.

Precisamos deixar que Deus ilumine nosso olhar, para contemplarmos o Seu Reino presente no meio de nós .
“Felizes os olhos que veem o que vós vedes!” (Lucas 10, 23).Jesus está exultando de alegria pelo Pai, louvando e bendizendo, porque não foi aos sábios, aos grandes, poderosos e entendidos que o Pai revelou os segredos do Reino, mas aos humildes de coração, àqueles que dispõe do seu coração qualquer soberba e orgulho, e o abrem para contemplar as manifestações de Deus no meio de nós. Deixe-me dizer ao seu coração: onde está a mão de Deus, que não a vejo? Onde está a graça de Deus quando me toca? Onde estão os prodígios de Deus que as pessoas exultam e eu não consigo ver? Felizes os humildes, os bem-aventurados, aqueles que estão na humildade de coração, porque são esses que contemplam a glória, a ação, a graça de Deus agindo no meio de nós! O problema não é a mão de Deus, que não está agindo, o problema é o nosso coração que não se despiu, não se revestiu de graça e humildade. Se nã…

Literatura | Gospel | Pequena Reflexão | Lucas 11,130.| Luzia Couto.

“Ora, se vós que sois maus, sabeis dar coisas boas aos vossos filhos, quanto mais o Pai do céu dará o Espírito Santo aos que o pedirem!” (Lucas 11, 130)Jesus, hoje, continua nos ensinando elementos essenciais que não podem faltar em nossa oração. A nossa oração tem de ser a oração de confiança, para dizermos: “Eu sei o que Jesus pode fazer por mim e eu confio n’Ele!”.Quem confia, não desconfia. Quem confia, sabe esperar. Quem confia, sabe que Deus jamais nos abandonará! Mas, pode ser que no fruto da nossa oração não tenhamos conseguido de Deus aquilo que queríamos. Deus é tão bom e tão Pai, que não dá aquilo que queremos, mas o que precisamos! É preciso pedir, é preciso realmente bater à porta e não deixar nunca de fazer. Sabe meus irmãos, muitas vezes não crescemos nas virtudes, deixamos de aprender muitas coisas na vida porque não temos perseverança e insistência. Somos bons para começarmos muitas coisas, somos bons para fazermos muitos propósitos, mas à medida que aparecem dificuld…