Literatura | Gospel | Pequena Reflexão | Lucas 07:21.



João enviou seus discípulos para perguntarem ao Senhor se Ele realmente era o Messias enviado ou se deveriam esperar por outro. Não que João tivesse dúvidas e não soubesse quem era Jesus, mas queria que seus próprios discípulos soubessem que o Messias, o Mestre, o Senhor não era ele [João], mas sim Aquele que estava lá: o próprio Jesus.Quando João mandou que seus discípulos perguntassem se Jesus era mesmo o enviado, ele queria que testemunhassem, certificassem e vissem quem era o Senhor. Eles viram, tocaram e testemunharam que Jesus recuperou muitos doentes, deu de volta a visão a muitos que estavam cegos e fez o Reino de Deus acontecer.Sabe, meus irmãos, onde Jesus está o Reino de Deus acontece. Se Ele está entre nós, temos de deixar que Ele faça o Reino de Deus acontecer entre nós! Conviver numa mesma casa, numa mesma família, trabalhar com as mesmas pessoas, deixa-nos doentes e enfermos muitas vezes.Nós não enxergamos bem, não falamos bem, não queremos o bem, porque o ‘nós’ e o ‘eu’ estão à frente de Deus, da Sua graça e do Seu Reino. Permitamos que a presença amorosa de Jesus entre em nós e cure nossas doenças e enfermidades. Para começar, cure nossa própria visão interior.É tempo de a graça de Deus acontecer em nós para podermos enxergar com os olhos de Deus; é tempo de a graça de Deus tocar nossas enfermidades, tocar nosso corpo, nossa mente e psique, para que possamos encarar a vida de forma sadia.Quando os discípulos viram que Jesus fazia nova todas as coisas e as pessoas eram tocadas, libertas e restauradas quando se deixavam tocar por Ele, eles voltaram e disseram a João tudo o que haviam visto.Que cada um tire a sua própria conclusão. Eu não vou dizer para você que Jesus é Mestre, é Senhor por isso e por aquilo. É importante que, a exemplo dos discípulos de João, façamos a nossa experiência.Deixemo-nos ser tocados por Jesus, curados e libertos, porque Ele faz nova todas as coisas!





Seguidores do Google