Literatura | Gospel | Pequena Reflexão | Lucas 02:30,32.



Simeão estava no templo servindo a Deus, e a grande alegria do seu coração foi receber o Menino Jesus em seus braços. Louvou, exaltou e conheceu a grandeza do amor divino que se manifestava na vida daquela criança. Simeão é aquele que acredita, contempla e toma posse do que Deus prometeu.A primeira coisa: precisamos acreditar e deixar que a fé seja a virtude a conduzir os nossos passos. “Eu hei de ver a glória do Senhor”, assim canta o Salmista. (Salmo 26)Todos nós, movidos pela fé, não seremos decepcionados!Uma vez que acreditamos, precisamos contemplar. Simeão pegou o Menino Jesus nos braços, se admirou, se alegrou e contemplou aquela beleza divina. Contemplemos a beleza divina de Deus entre nós!Jesus está entre nós na Eucaristia, por excelência, em Sua Palavra Viva, nos pobres, nos doentes, nos enfermos. Ele está entre nós quando o amor reina em nós!Não sejamos indiferentes às visitas, às formas maravilhosas de Deus se manifestar no meio de nós. Uma vez que contemplamos, então engrandecemos o Deus maravilhoso que se faz presente entre nós.Neste tempo de graça que é o Natal, tempo, acima de tudo, de contemplar as formas de Deus se fazer presente em nossa vida; é tempo de meditar, de assumir, de nos maravilhar, porque não estamos sozinhos, Deus está conosco!Os pais de Jesus, Maria e José, estavam admirados por tudo que diziam a respeito Dele. Deixemos a admiração crescer em nosso coração pelas palavras que vêm da boca de Jesus e por tudo aquilo que dizem a respeito d’Ele, para que a nossa vida resplandeça esse amor de Deus encarnado no meio de nós.

Seguidores do Google