Literatura | Gospel | Pequena Reflexão | Mateus 13,45.




“Quando um comprador encontra uma pérola de grande valor, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquela pérola” (Mateus 13,45).Você sabe que aquele que vive de comprar e colecionar pérolas, está caçando uma de grande valor, rara e muito preciosa. Quando ele encontra uma pérola que é realmente rara ou única, dá tudo o que têm para possuí-la, porque ela é importantíssima para ele. As outras ele já possui e todos os outros devem possuí-las também, mas essa não. Ele quer que seja única e exclusiva para ele. Ele possui aquela pérola, e ela o possui. Se é uma analogia ou uma comparação, tragamos para a lógica do Reino dos Céus. Imagine que o Reino dos Céus, entre tantas coisas que há neste mundo, tantos reinos e preciosidades que nos apresentam, seja uma pérola única e incomparável. Nada neste mundo têm o valor e a dimensão que o Reino dos Céus tem para nós. As outras pérolas, por mais que pareçam belas, são perecíveis, permanecem aqui [mundo]. Mas quando vamos com o coração cheio do Reino de Deus e vazio dos tesouros deste mundo, essa pérola nunca mais sai de nós! Primeiro, dedicando-se a uma vida de oração, de penitência e em cuidar dos pobres e desvalidos, descobrindo que em nós, pobres, está a imagem e transfiguração do Reino de Deus. Descubramos o Reino do Senhor no meio de nós, descubramos essa pérola preciosa que é Jesus entre nós. Vamos entregar a Ele a nossa vida, o nosso coração e fazer com que o Reino de Deus seja o bem maior que possamos ter!

Seguidores do Google