Gospel | Pequena Reflexão | Mateus 18,14. |Escritora Luzia Couto

 O amor misericordioso sabe acolher, cuidar, preocupar-se com quem está longe, afastado e parece estar perdido .
“O Pai que está nos céus não deseja que se perca nenhum desses pequeninos” (Mateus 18,14).O Pai que está nos Céus não deseja que nos percamos, não deseja que nenhuma de Suas ovelhas que estão longe, desgarradas e perdidas, se percam. O Pai ama cada um de forma única e singular, Ele é capaz de deixar todas as ovelhas que tem para ir atrás daquela única que está perdida, distante e longe.  Acostumamo-nos com as pessoas que estão enchendo nossas igrejas, com aqueles que estão em nossos grupos de oração. O grande apostolado da fé é ter pessoas que tenham um coração misericordioso como o do Pai, um coração que realmente se preocupe com aqueles que estão distantes, que estão longe, extraviados pelas situações da vida. Não é olhá-lo como um perdido, mas olhar como alguém que está no caminho de se perder. Precisamos buscar, ir atrás, dar o melhor de nós. Não são nossos sermões, nossa moral exacerbada que vão converter ou convencer alguém, mas é o amor misericordioso que sabe acolher, cuidar, preocupar-se com quem está afastado, está longe e parece perdido, sem saber por onde andar.  Por isso, se pudermos, neste tempo, parar para fazer uma listinha, oferecer nossas orações, sacrifícios e intenções. Oferecer uma visita fraterna, uma visita amiga para alguém que parece distante, longe, alguém que você conhece; e se puder ser mais do que uma, talvez duas ou três pessoas. É tão bom que nossas pastorais, nossos movimentos, sobretudo, nossas ações enquanto cristãos não sejam somente para buscar os nossos. Você pode dizer: “Eu tenho muitas coisas para me preocupar! Eu já tenho família, filhos e marido!”. Deus vai lhe dar a graça para cuidar também desses, mas que tal usar esse dom, essa graça que você tem para buscar tantos outros que parecem distantes dos caminhos do Senhor?  É importante você ter na mente e no coração esse desejo do Pai. O Pai do Céu não deseja que se perca nenhum de seus pequeninos, Ele não deseja que nos percamos. Vamos buscar e resgatar aquilo que parece perdido, longe e distante.

Seguidores do Google